Girl POP! Entrevista: FML Pepper – Parte 2

Com livros instigantes, que nos prendem do início ao fim, FML Pepper veio para ficar. Primeira autora híbrida a unir duas plataformas diferentes de publicação, com a Kindle Direct Publishing da Amazon, no formato digital, e, as editoras Valentina e Record, com seus livros físicos – que você pode conhecer melhor clicando aqui.

 photo Autora-FML-Pepper-Trilogia-Nao-Pare_zpssybtzvns.png

Workaholic assumida, vi meu mundo ficar de cabeça para baixo quando meu médico disse que estava grávida, mas que era uma gravidez de risco e que teria que ficar de repouso durante os nove meses, caso realmente quisesse segurar o bebê em meus braços. De início, achei o máximo ficar algumas semanas sem fazer nada, só comendo besteiras e vendo todos os programas da televisão, mas, os dias foram passando e, com eles, a minha paciência se esgotando. Após um mês deitada, estava a um passo da depressão quando meu marido (e nas horas vagas, meu super-herói) entrou em ação. Vou me recordar até os últimos dias de minha vida quando ele chegou em casa carregando um presente envolto num lindo embrulho e disse com um sorriso travesso nos lábios:

“Você já dormiu demais. Está na hora de começar a sonhar.”

Abri o pacote e lá estava o meu grande amor piscando para mim: um livro de ficção. E era infanto-juvenil!

Bem vindos à segunda parte da entrevista.

Você já tem alguma história nova em mente que pretende passar para o papel? Há um projeto futuro que possa nos falar?

Continuar lendo

Girl Pop Entrevista: FML Pepper – Parte 1

Com livros instigantes, que nos prendem do início ao fim, FML Pepper veio para ficar. Primeira autora híbrida a unir duas plataformas diferentes de publicação com a Kindle Direct Publishing da Amazon no formato digital e as editoras Valentina e Record com seus livros físicos que você pode conhecer melhor aqui.

 photo Autora-FML-Pepper-Trilogia-Nao-Pare_zpssybtzvns.png

Workaholic assumida, vi meu mundo ficar de cabeça para baixo quando meu médico disse que estava grávida, mas que era uma gravidez de risco e que teria que ficar de repouso durante os nove meses, caso realmente quisesse segurar o bebê em meus braços. De início, achei o máximo ficar algumas semanas sem fazer nada, só comendo besteiras e vendo todos os programas da televisão, mas, os dias foram passando e, com eles, a minha paciência se esgotando. Após um mês deitada, estava a um passo da depressão quando meu marido (e nas horas vagas, meu super-herói) entrou em ação. Vou me recordar até os últimos dias de minha vida quando ele chegou em casa carregando um presente envolto num lindo embrulho e disse com um sorriso travesso nos lábios:

“Você já dormiu demais. Está na hora de começar a sonhar.”

Abri o pacote e lá estava o meu grande amor piscando para mim: um livro de ficção. E era infanto-juvenil!

Primeiramente, preciso dizer que foi uma honra ter tido a oportunidade de entrevistar essa autora que gosto muito. Espero que gostem da primeira parte e a segunda chega em breve.

Em meio ao preconceito que ainda há na Literatura Nacional, como você lutou para vencer essa barreira e chegar onde está hoje?

Continuar lendo

Girl POP! Indica: Trilogia Não Pare!

Se você é um bookaholic nato e ama livros nacionais, provavelmente já conhece a autora FML Pepper. Se você ainda não conhece, senta aqui que precisamos conversar.

Eu tive o prazer de conhecê-la e acompanhar seus livros desde o lançamento de Não Pare!, primeiro livro da trilogia de mesmo nome, e, a partir daí virei fã de carteirinha. Além de ser uma excelente escritora, é de um carisma infinito e uma fofura extrema.

Trilogia Não Pare!

 photo images.livrariasaraiva.com.br_zpsplz9boah.jpgNina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas verticais exigia respostas. E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho! Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes… Enfim, curtir a juventude. Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina! Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranóica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. É chegada a hora da verdade.

Continuar lendo