Girl POP! Viagens: Como Andar de Metrô/Trem em São Paulo!

Se você, como eu, ama São Paulo e em qualquer oportunidade que tem gosta de entrar no primeiro avião/ônibus e desembarcar por lá, mas também gosta de economizar no momento de se locomover pela cidade, este post foi feito especialmente pensando em você!

Eu não sou de SP, mas pelo menos uma vez ao ano, gosto de ir passear pelas ruas super movimentadas, exóticas e misteriosas de lá.

São Paulo é um município brasileiro, capital do estado homônimo e principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América do Sul. É a cidade mais populosa do Brasil, possuindo cerca de 12.176.866 habitantes e é a cidade brasileira mais influente no cenário global. O lema da cidade, presente em seu brasão oficial, é Non ducor, duco, frase latina que significa: “Não sou conduzido, conduzo“.

A malha de metrôs e trens de São Paulo chega a ser, no mínimo, assustadora para quem vê de fora, entretanto, uma vez que você encara o desafio e ‘estuda’ o funcionamento deles, você percebe que não é um bicho de sete cabeças.

Algo que chama a atenção é a diferença entre metrôs e trens, porém não se preocupe, pois ambos são integrados.

Metrô de São Paulo ou Metropolitano de São Paulo é operado pela Companhia do Metropolitano de São Paulo, empresa de capital misto do estado de São Paulo. Já a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) é uma sociedade de economia mista vinculada à Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo.

 photo mapa-da-rede-metro-sp-page-001-768x602_zpsarfokopz.jpg

Esse ano fiquei uma semana em SP, no bairro do Morumbi, e decidi usar somente o transporte público para me locomover na cidade.

Então, para chegar ao centro – Liberdade, 25 de Março, Zoológico, Brás, Sé, Paulista, Aquário de SP – sempre tinha que pegar no mínimo 3 linhas diferentes.

Continuar lendo

Embarque nessa viagem

 photo luggage-1149289_1280_zpsyq4lkyyn.jpg

Eu acho que nasci para viajar.

Não que meu bolso acompanhe minhas vontades, mas, desde muito pequena escuto minha mãe dizer que ela sabia que eu não tinha nascido para ficar em apenas um lugar.

E é esse amor pelo desconhecido, por diferentes culturas e pelo desejo de desbravar cada cantinho desse mundão que queremos trazer para vocês, nas nossas colunas sobre viagens.

Continuar lendo