Reflexão Girl POP!: “Seja verdadeiro consigo mesmo e com quem você se relaciona”

O tópico que iremos abordar hoje é sobre as relações que você tem consigo mesmo e com os outros.

Quem nunca ouviu a frase “Amigos de verdade você conta nos dedos de uma mão”? Eu, quando novinha, tive dificuldades em entender isso. Sempre observava meus colegas cercados de “amigos” e, simplesmente, não conseguia compreender o ditado.

“Quando você está contente em simplesmente ser você mesmo, sem se comparar ou competir, todos te respeitarão.” – Lao Tzu, Tao Te Ching

Como já dizia minha mãe, eu não sou todo mundo, e, realmente, nunca fui padrão ou parâmetro para o comum. Quando adolescente, sempre fui mais reclusa e tive dificuldades em fazer amigos, mas não me importava muito – eu me sentia confortável com as amizades que mantinha – porém isso não me impedia de reparar em meus colegas de classe e seus grupos sempre crescente de amigos.

Foi mais adulta, logo no início do meu tempo na universidade, que realmente me caiu a ficha que, em sua grande maioria, as pessoas que considerávamos “amigas” na verdade eram apenas colegas – duas posições completamente distintas.

Relações entre seres humanos são extremamente delicadas e, à medida que ganhamos mais alguns anos a mais, nos tornamos mais conscientes disso.

Assim como o lobo na pele de cordeiro, algumas pessoas são apenas “colegas” disfarçadas de “amigas”, já que geralmente algumas ligações só são estabelecidas por puro interesse – contatos, possibilidades.

 

Algumas vezes, uma pessoa pode passar tanto tempo baseando-se nesse tipo de relacionamentos vazio, sem real sentido, que se esquece o básico de ser amigo: que é ser verdadeiro, sincero e leal. Eventualmente, esses princípios perdem seu valor no meio de tantos interesses. É importante se questionar: será que vale a pena se manter ao redor desse tipo de energia?

Ser fiel a você mesmo, não se preocupar em manter as aparências, abraçar suas origens, fazer o que se ama, desde que você não machuque outras pessoas – esse é meu lema.

É muito importante ter amigos verdadeiros por perto, mesmo que em pouca quantidade, mas que sejam sinceros, honestos com você e, principalmente, consigo mesmos. Essas amizades são realmente especiais e quando as encontramos realmente faz valer a pena a procura.

Mesmo que em determinada altura de sua vida você não tenha encontrado relações assim, ainda vale a pena buscar, e é importante também deixar que elas cheguem até você, pois também temos que baixar nossa guarda para criar vínculos verdadeiros – às vezes (e muitas vezes mesmo), nós desconfiamos tanto de outras pessoas que estão em nossas vidas (seja por traumas passados ou outros motivos), que não nos permitimos criar novos vínculos e se essas pessoas se tornem amigos de verdade.

“Ame a si mesmo. Perdoe a si mesmo. Seja verdadeiro com você mesmo. Como você se trata define a forma como os outros o tratarão. ”- Steve Maraboli, Unapologetically You: Reflexões sobre a vida e a experiência humana.

Texto colaborativo entre a equipe Girl POP!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s